Lançamento do Livro Mãe Sereia de Teresa Cárdenas.

O Instituto Estação das Letras convida para o lançamento do livro Mãe Sereia de Teresa Cárdenas.

Mãe Sereia fala da travessia do primeiro navio carregado de escravos da África

para Cuba, mas poderia ter partido para qualquer outro país onde houvesse

escravidão.

Mãe Sereia fala da travessia do primeiro navio carregado de escravos da África

para Cuba, mas poderia ter partido para qualquer outro país onde houvesse

escravidão. No navio estão homens, mulheres e crianças de diferentes idades

e todos enfrentam a dura passagem pelo Atlântico, o mar desconhecido.

Eles não estão sozinhos, Mãe Sereia, a deusa iorubá dos peixes e das águas

salobras, mergulhou na imensidão das ondas, transformada em uma enorme

sereia anil, para seguir o navio através do oceano.

É a primeira vez que o livro é publicado fora de Cuba. Teresa Cárdenas acredita

que Mãe Sereia é uma narração que ela devia a si mesma, a sua ancestralidade.

“Queria contar essa história para as crianças e meu compromisso

com a memória ditou o texto. Através dos olhos das personagens elas poderão

se transportar às imagens dos incompreensíveis homens brancos, barcos,

mar, morte e terra nova, explica.”

Para a autora, o livro aborda não apenas a questão da sobrevivência daqueles que foram arrancados da África,

mas também a transferência de sua cultura através da oralidade e a relação com as tradições religiosas. “Ao

final, quase é dito que as palavras têm mais poder do que a vida e a morte juntas. E é verdade, eu acho.”

 

Teresa Cárdenas é uma escritora, roteirista, atriz, bailarina e ativista social cubana. Sua motivação para tornar-

se escritora veio ainda na infância, quando começou a ler e ficou frustrada com a ausência de personagens

negras nos livros infantis. Teresa tem uma escrita humana e delicada e recebeu inúmeros prêmios que

a credenciam como uma das vozes mais relevantes da literatura para crianças e jovens em Cuba, entre eles o

Prêmio nacional de Crítica Literária.

A autora ganhou o Prêmio casa de lãs Américas de 2005 com o romance Perro Viejo (Cachorro Velho). Sua obra

foi estudada para ensaios literários e teses universitárias em Cuba, Estados Unidos, Colômbia, Venezuela e

Brasil. Teresa Cárdenas nasceu em Matanzas (Cuba), em 1970, e mora em Havana com seus três filhos. No

Brasil, publicou os romances Cartas para minha mãe e Cachorro velho, ambos pela Pallas Editora. Mãe Sereia

é o primeiro infantil de Teresa Cárdenas editado pelo selo Pallas Mini.

 

Vanina Starkoff nasceu em Buenos Aires, Argentina, onde se formou como designer gráfica na Universidade

de Buenos Aires e mora no Brasil desde 2014. O caminho do coração a levou à descoberta do mundo das

imagens dos livros para crianças. É apaixonada pelas cores e paisagens que sempre pintou e, em busca de seu

grande amor, vive em Búzios, uma cidade praiana no Rio de Janeiro. Tem 20 livros publicados em diversos países:

Brasil, Argentina, México, Canadá, Portugal, Espanha, França, Itália, Inglaterra, Coréia do Sul e Emirados

Árabes. Mãe Sereia é seu segundo livro pela Pallas Míni, o primeiro sendo Pelo Rio.

Mãe Sereia - Tereza Cardenas