Breve História da Leitura

com Márcia Cabral

Historiografia do livro e da leitura. A história cultural: aportes teóricos e metodológicos. Fontes impressas e orais. Contribuições de Roger Chartier, Robert Darnton e Michel de Certeau. Memórias de leitura.

Datas: 14/8 a 2/10/24 (quartas-feiras)
Horário: das 19h às 21h
Valor: 3x R$ 210,00 no cartão de crédito

Carga horária: 16 horas

+

Sobre o curso

Programa:

Aula 1 - História da leitura: entre práticas e representações da leitura - contribuições de Roger Chartier.
Aula 2 - Práticas de leitura na história: estudo de casos. Como aprendemos a ler? Quais os mediadores fundamentais? Mediação: na família, na escola, na vida em sociedade.
Aula 3 - História do livro e da leitura: em busca de vestígios estranhos ao tempo presente - contribuições de Robert Darnton.
Aula 4 - Modos e práticas de leitura na história: leitura intensiva, leitura extensiva; leitura silenciosa, leitura coletiva.
Aula 5 - História da leitura: estratégias e táticas - contribuições de Michel de Certeau.
Aula 6 - Memórias de leitura em escritas de si: a infância leitora de Graciliano Ramos e outras infâncias.
Aula 7 - Memorial: conceitos, tipos, estilos. Narrar histórias com ênfase em nossas histórias de leitura.
Aula 8 - Memoriais de leitura: participantes do curso compartilham suas histórias de leitura

Bibliografia:

CERTEAU, Michel de. A escrita da história. Trad. Maria de Lourdes Menezes. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 1982.
___________. A invenção do cotidiano: artes de fazer. Petrópolis, RJ: Vozes, 1994.
CHARTIER, Roger. A história cultural: entre práticas e representações. Lisboa: Difel; Rio de Janeiro: Bertrand Brasil.1990.
__________ (org.). Práticas da leitura. São Paulo: Estação Liberdade, 1996.
_____________. A aventura do livro: do leitor ao navegador. São Paulo: Fundação Editora da UNESP, 1998.
___________. A ordem dos livros: leitores, escritores e bibliotecas na Europa entre os séculos XIV e XVIII. 2ª Edição: UNB, 1999.
DARNTON, Robert. O grande massacre de gatos e outros episódios da história cultural francesa. Rio de Janeiro: Graal, 1986.
___________. O beijo de Lamourette: mídia, cultura e revolução. São Paulo; Companhia das Letras, 2010.
____________. A questão dos livros: passado, presente e futuro. São Paulo: Companhia das Letras, 2010.
GALVÃO, Ana Maria; BATISTA, Antonio Gomes (orgs.). Leitura: práticas, impressos, letramentos. Belo Horizonte: Autentica, 2005.
GINZBURG, Carlo. Sinais: raízes de um paradigma indiciário. In Mitos, emblemas, sinais. Morfologia e história. São Paulo: Cia das Letras, 1990.
_______________. O queijo e os vermes. São Paulo: Companhia das Letras, 1996.
HUNT, Lynn. A nova história cultural. Rio de Janeiro: Martins Fontes, 1992.
LUCA, Tania Regina de. História dos, nos e por meio dos periódicos. In: PINSKY, Carla Bassanezi (org.). Fontes Históricas. São Paulo: Contexto, 2011, p. 11-153
NOVAIS, Fernando Antonio; SILVA, Rogerio Forastieri. Introdução: para a historiografia da Nova História. In: NOVAIS, Fernando A.; SILVA, Rogerio F. Nova História em perspectiva. (organização e tradução). Nova História em Perspectiva (volume I). São Paulo: Cosac Naify, 2011, p.7-70.
OLIVEIRA, Marcus Aurélio Taborda de (org.). Cinco estudos em história e historiografia da educação. Belo Horizonte: Autêntica, 2007.
SILVA, Márcia Cabral da. Uma história da formação do leitor no Brasil. Rio de Janeiro: EdUERJ, 2009.
_____________. Leitura, pesquisa e ensino. Rio de Janeiro: EdUERJ, 2013.
______________. Histórias da nossa terra: sobre o projeto cívico de construção da nação brasileira por meio do impresso. Revista Brasileira de História da Educação, 20 (1), 2020, p.1-20.
Disponível em: https://doi.org/10.4025/rbhe.v20.2020.e128
SILVA, Márcia Cabral da (2021). Educação em escritas de si: o diário de Helena Morley (1893-1895). Revista Educação Em Questão, 59(60). https://doi.org/10.21680/1981-1802.2021v59n60ID25114
VELLOSO, Monica Pimenta; PESAVENTO, Sandra Jatahy. História e linguagens: texto, imagem, oralidade e representações. Rio de Janeiro: 7Letras, 2006.
VIDAL, Diana. Culturas escolares: estudo sobre práticas de leitura e escrita na escola pública primária (Brasil e França, século XIX). Campinas: Autores Associados, 2005.

Professor(a)

Márcia Cabral

É professora Titular e pesquisadora procientista na Faculdade de Educação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, onde atua no curso de Graduação em Pedagogia e Pós-graduação em Educação. Doutora em Teoria e História Literária pelo Instituto de Estudos da Linguagem (IEL) da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), com Pós-doutorado no Departamento de Historia y Filosofia, de la Faculdad de Filosofia y Letras de la Universidad de Alcalá. Graduada em Letras pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e Mestre em Ciência Humanas/ Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC/RJ). Tem longa experiência como professora na rede pública de ensino e suas investigações atuais inserem-se na linha de pesquisa Instituições, Práticas Educativas e História. Desde 2006 coordena o grupo de pesquisa Infância, Juventude, Leitura, Escrita e Educação (GRUPEEL/CNPQ). Entre suas principais publicações, destacam-se os livros: Memórias de Leitura, Docência e Pesquisa (CRV, 2020), Leitura, Pesquisa e Ensino (EdUERJ, 2013); Infância e Literatura (EdUERJ, 2010) e Uma História da Formação do Leitor no Brasil (EdUERJ, 2009).

Facebook IEL Instagram IEL Youtube IEL